LANÇAMENTOS

"Terminei a leitura de Espelho Partido e confesso que estou ainda embriagada, tonta, incrédula com esta obra. Que privilégio meu conhecer este autor. Carlos Eduardo se superou na produção deste livro! Forte, poético, denso, inquietante, louco!

Leiam. Mergulhem. Prossigam na leitura. É absolutamente bárbaro!"

Glória Campos - Psicanalista

[...] e se a avó não tivesse ido fazer compras naquela manhã? E se o sapato não tivesse ficado preso entre as pedras? E se o repolho não tivesse saído rolando? Se o avô não tivesse saltado do bonde àquela hora? Se não tivesse visto aquela moça caindo? Será que eles teriam se conhecido? Teriam se casado? Teriam tido filhos? Netos? Não fosse aquele bendito repolho, talvez ele, Nando, nem tivesse nascido.

  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon